Fundação Marcos Amaro (FMA)

INSTITUCIONAL

A Fundação Marcos Amaro é uma organização cultural privada sem fins lucrativos. Como missão, tem o intuito de incentivar a produção artística contemporânea e difundir a obra de Marcos Amaro, artista e colecionador. Para isso, conta com um programa de exposições realizado por meio de edital bienal de apoio a artistas, além da premiação anual de destaque para a melhor produção criativa na SP-Arte e o prêmio aquisição na ArtRio. Promove debates e projetos especiais de apoio a instituições culturais e museológicas. A destacar o Museu Bispo do Rosario Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro, em que a FMA atuou na adequação da reserva técnica e espaço expositivo, permitindo que o museu atinja uma excelência na preservação, conservação e apresentação da obra de Arthur Bispo do Rosario – artista de grande relevância para a história da arte brasileira no século XX.

A FMA ressalta sua relevância social por meio do conceito de museu território, expandindo-se pelo interior do estado de São Paulo. Com sede em Itu, é uma instituição museológica fora do cubo branco. O cenário é o estado bruto da antiga Fábrica São Pedro – que hoje atua como um oásis cultural no centro da cidade.

Na sua relação museu território e paisagem, também cria um espaço inovador para a escultura que extrapola os muros e leva arte da cidade para o campo, com o Museu da Escultura Latino-Americana (MESCLA) – um museu a céu aberto para interferências escultóricas integradas à natureza.

PRÊMIO DE ARTE MARCOS AMARO

O Prêmio de Arte Marcos Amaro é anual, nacional e destinado a um artista brasileiro ou estrangeiro. Tem como objetivo fomentar a produção artística contemporânea de artistas que têm a ambição experimental com a arte, a partir da inovação em técnicas, suportes e linguagens.

O prêmio nasceu em 2017, em parceria com a SP-Arte, em meio à 13ª edição do Festival Internacional de Arte de São Paulo, a partir da necessidade de valorizar e dar visibilidade para artistas brasileiros e estrangeiros. Nesta terceira edição, além da premiação no valor de R$50 mil, o artista desenvolverá um projeto expositivo inédito para a FAMA, em 2020, com acompanhamento curatorial de Ricardo Resende.

PUBLICAÇÕES

Registrar atividades artísticas por meio de publicações reforça uma das principais missões da Fundação Marcos Amaro: documentar os caminhos da arte contemporânea. Esse papel educativo visa mapear a produção de artistas que estão em plena atividade e realizam exposições no espaço da Fábrica de Arte Marcos Amaro e em instituições relevantes. Os catálogos e livros resultantes dessa iniciativa guardam as histórias que serão contadas no futuro.

 

Campoamor | FAMA Poder e Sufocamento | MIS Sobrevoo | Centro Cultural Correios des/CONSTRUIR SOBRE RUÍNAS

CONSELHO

Marcos Amaro
Presidente

Marcos Amaro nasceu em São Paulo, SP, em 1984. É empresário e artista plástico. Estudou filosofia no Instituto Gens Educação e Cultura. Iniciou sua atividade profissional como trainee na empresa TAM Aviação Executiva. Foi membro do conselho da TAM Linhas Áreas. Trouxe os óculos da TAG HEUER e ALAIN MIKLI pro Brasil. Foi sócio da rede de Óticas Carol. Realizou exposições no Centro Cultural dos Correios em São Paulo e no Rio de Janeiro, MACS, MARCO, MARGS. Participou da SP ARTE, ART BASEL, ART ZURICH. Atualmente é sócio das empresas V2 Investimentos, LogBras e Galeria Emmathomas. Participa do conselho do MUBE, IAC, MACS e Fundação Iberê Camargo.

Ricardo Resende
Curador

Mestre em História da Arte pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), foi diretor do Museu de Arte Contemporânea do Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza e do Centro de Artes Visuais da Fundação Nacional das Artes (Funarte), entre 2009 e 2010 e, na sequência, do Centro Cultural São Paulo (CCSP). Atualmente, é curador do Museu Bispo do Rosário, no Rio de Janeiro e da Fundação Marcos Amaro.

Raquel Fayad
Diretora Geral

Formada em Artes Plásticas desde 2008, estudou produção e gestão cultural. Participou de exposições coletivas no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (2014); na Galeria Marta Traba – Memorial da América Latina, em São Paulo (2014); entre outras. Participou de residências em Sardegna, na Itália (2015 e 2016); e no Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba; e outros. Pré-selecionada para o Edital Mercosul 2016.

André Millan
Membro do Conselho

André Millan nasceu em São Paulo, SP, em 1960. É formado em História pela PUC-SP. Iniciou sua atividade profissional no mercado de arte com a Galeria Millan em 1986, junto a seu pai, Fernando Millan, e dos irmãos Fernando e Joaquim Millan. Depois de ocupar diferentes locais em São Paulo, inaugura em 2004 o atual espaço da Galeria Millan na Vila Madalena, com a exposição e performance “Afinidades Eletivas” e “Laminadas Almas”, de Tunga. Em 2015 inaugura um segundo espaço, o Anexo Millan, localizado a apenas 50 metros da Galeria. A Galeria Millan, atualmente, representa nomes como Henrique Oliveira, José Resende, Lenora de Barros, Nelson Felix, Paulo Pasta, Rodrigo Andrade, Tatiana Blass e Thiago Rocha Pitta, além dos espólios de Mario Cravo Neto e Tunga.

Aracy Amaral
Membro do Conselho

Natural de São Paulo, SP, diretora da Pinacoteca do Estado (1975-1979) e do Museu de Arte Contemporânea da USP(1982-1986). Tem publicado livros sobre o Modernismo no Brasil, arte contemporânea brasileira e latino-americana, além de organização de antologias sobre arte brasileira. Mestrado na FFLCH-USP (1970), Doutorado na ECA-USP (1971), prof. Titular em Historia da Arte na FAU-USP (1988), onde é professor até 1990. Fellowship da John Simon Guggenheim Memorial Foundation, 1978. Curadora de varias exposições no Brasil e America Latina. Membro de Premiação do Prince Claus Fund, Haia, 2002/2005. Coordenadora de Rumos Itau Cultural 2005/6. Curadora na Trienal de Santiago, Chile, 2009, e na 8ª. Bienal do Mercosul, 2011. Reside em São Paulo.

Fábio Magalhães
Membro do Conselho

Museólogo e ex-curador-chefe do Museu de Arte de São Paulo – MASP –, exerceu vários cargos na administração pública, entre eles foi secretário adjunto da Secretaria de Estado da Cultura (2005 a 2007), diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo (1979 a 1982), secretário da Cultura do Município de São Paulo (1983), assessor especial da Secretaria de Estado da Cultura (1984 a 1985), secretário de Apoio à Produção Cultural do Ministério da Cultura – Minc –, presidente da Embrafilme (1988) e presidente da Fundação Memorial da América Latina (1995 a 2003). Foi curador geral das II e III Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em Porto Alegre (1998 e 2001), curador geral da 4ª Mostra VentoSul e integrante do conselho curatorial da 5ª VentoSul em Curitiba. Magalhães integra os conselhos da Fundação Padre Anchieta, da Fundação Bienal de São Paulo, entre outros, e é Membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte – ABCA – e do ICOMUS/UNESCO. Estudou História da Arte no Institut D’Art et d’Arquéologie de Paris.

Gilberto Salvador
Membro do Conselho

Gilberto Salvador é pintor, desenhista, gravador, escultor e professor. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Em 1965, realizou a primeira exposição individual na Galeria de Arte do Teatro de Arena em São Paulo, em um importante contexto político. Foi premiado com a medalha de ouro no Salão de Arte Contemporânea, em 1967. Participou de várias edições da Bienal Internacional de São Paulo. Realizou duas mostras individuais no Museu de Arte de São Paulo (Masp), em 1985 e 1995. Em 1999, instalou a escultura Voo de Xangô na estação Jardim São Paulo do metrô. A produção artística é caracterizada pela oposição entre gestual e o traço rígido, entre as formas orgânicas e inorgânicas, entre o movimento e o estático.

Patricia Rousseaux
Membro do Conselho

Patricia Rousseaux é diretora editorial da ARTE! Brasileiros e Cultura! Patricia tem especialização em Psicologia pela PUC – São Paulo, Coordenação de Grupos (Sedes Sapientiae), Gestão de Serviços Comerciais ((Harvard Business School-Executive Education) e Licenciatura em Pedagogia (Anhembi Morumbi)

EQUIPE

Marcos Amaro
Presidente

Ricardo Resende
Curador

Raquel Fayad
Direção Geral
[email protected]

Dayse Souto
Direção Financeira

Ana Carolina Vigorito
Museologia
[email protected]

Carla Borba
Educativo
[email protected]

Barbara Lempp
Documentação Museológica
[email protected]

Mariana Barbosa
Comunicação
[email protected]

Júlia Molina
Comunicação
[email protected]

Stefânia Sangi
Design
[email protected]fmarte.org

Beatriz Costa
Design
[email protected]

Mônica Ogaya
Educativo

Vicente Alves
Educativo

Dennis Lurm
Educativo

Natália Bastos
Educativo

Stefanie Klein
Educativo

Rodrigo Viriato
Produção

Kin Wong
Produção

Matheus Henrique Alves
Produção

Luan Henrique Francisco
Produção