Programação de março

Programação de março
12 de março de 2019 Julia Molina

16 de março


 

10h | Vamos prosear?

A Fábrica de Arte Marcos Amaro oferece a ação “Vamos prosear?” com as artistas Katia Salvany e Márcia Porto. Kátia apresentará a performance “0mm” e Márcia exibirá sua produção artística.

Na performance 0mm, a artista Katia Salvany arrasta, empurra e desloca peças de mobília, tensionando um espaço privado mínimo de manobra situado entre as urgências da perda. A performance faz parte do acervo da Fundação Marcos Amaro (FMA). Duração: 35 minutos.

Na sequência, a artista e educadora Márcia Porto apresenta a sua produção, que opera no campo simbólico. Mestre em Poéticas Visuais pela Unicamp, a artista explora a relação entre alquimia, histórias pessoais e eventos atuais, por meio da criação de narrativas auto ficcionais, que desdobram em desenhos. Entre a palavra e a criação da imagem, interpreta ritualisticamente cada cena. Das performances, nascem os gestos que compõem os desenhos e são, enfim, reelaborados em pinturas, murais, instalações, performances e fotografias,

Por fim, a FAMA promove uma roda de conversa com a comunidade artística da região. O intuito do encontro é compartilhar vivências e projetos criativos que acontecem no interior.

14h | Faminha

A Fábrica de Arte Marcos Amaro promove mais uma edição do Faminha – ação pensada para crianças – com contação de histórias. A oficina será mediada por Élida Marques, criadora do projeto Esse tear tem histórias, onde ela compartilha histórias por meio da leitura e tecelagem manual acompanhada do músico Marlos Mateus. A atividade é gratuita e não precisa de inscrição.

Sobre o projeto

Élida é filha de tecelão e aprendeu a tecer com o pai, Simplício Marques Rodrigues, tecelão autodidata que constrói o próprio tear. No repertório, as histórias têm o tear como elemento socioeducativo e o tecelão como personagens que rementem à superação, astúcia, paciência e sabedoria. O conto “A roupa nova do imperador”, de Hans Christian Andersen; a lenda grega “Fátima, a fiandeira”; o mito grego “A tapeçaria de aracne” e o conto “A moça tecelã”, de Marina Colassanti, fazem parte desse repertório.

14h30 | Oficina de Gravura

Mais uma vez, a FAMA promove a Oficina de Gravura, mediada por Natália Bastos e Vicente Alves a partir das 14h30. A oficina apresenta os procedimentos, materiais e instrumentos utilizados para a produção de gravuras. Os participantes experimentarão todas as etapas dessa técnica de reprodução – preparação da matriz, elaboração do desenho, gravação, tintagem e impressão. A atividade é aberta ao público e será adaptada para crianças e adultos com e sem experiência anterior. Foto: Mônica Ogaya.

 

20 de março


 

19h | Projeto Leia Mulheres e visita noturna

A Fábrica de Arte Marcos Amaro promove, nesta quarta-feira, 20 de março, às 19h, uma roda de conversa sobre o Clube Leia Mulheres em Itu. A iniciativa propõe debater sobre a importância de mulheres ocuparem os espaços nas livrarias e também na lista de compras da população. Posteriormente, será decidido qual o primeiro livro para leitura no clube, além de definir os integrantes do grupo.

Também na oportunidade, o público será convidado a visitar as salas 3 e 4 da fábrica, sob mediação. Excelente oportunidade para contemplar Se Vende (2008), de Carmela Gross, durante o trajeto noturno, já que a obra é ainda mais imponente à noite.

Sobre o projeto

O projeto nasceu em 2014, a partir de uma iniciativa da escritora Joanna Walsh, que consiste, basicamente, em ler mais autoras mulheres. Joanna propôs o projeto #readwomen2014 (#leiamulheres2014) porque o mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade – essa é a importância do projeto.

Juliana Gomes, em 2015, convidou as amigas Juliana Leuenroth e Michelle Henriques para transformarem a ideia de Joanna Walsh em algo presencial em livrarias e espaços culturais. Um convite à leitura de obras escritas por mulheres – clássicas a contemporâneas.

O Leia Mulheres faz parceria com editoras, livrarias e instituições, mas não há intermediários. Todo e qualquer contato é feito diretamente pelas gestoras do projeto e pelas mediadoras das respectivas cidades.

30 de março


 

13h30 | Mostra de curtas – Cinema e Gênero

A Fábrica de Arte Marcos Amaro, em parceria com o Cineclube de Itu e o curso de Cinema e Audiovisual do CEUNSP promovem a Mostra de Curtas: Cinema e Gênero, com curadoria de Lilian Solá Santiago. O objetivo é contribuir com a formação de público e fomento à produção de cineastas no interior de São Paulo. Os filmes desta edição discutem as lutas e o empoderamento das mulheres através do cinema.

Depois da exibição, o público será convidado a participar de uma roda de conversa com as realizadoras dos filmes. Com mediação da coordenadora do curso de Cinema do CEUNSP, Fernanda Cobo, o intuito é compartilhar experiências que demonstram as diferentes possibilidades de expressão feminina através do audiovisual.

 

16h | Oficina de Roteiro

A FAMA promove a primeira edição da oficina teórica de roteiro para ensinar práticas e técnicas de roteiro para cinema, com foco em personagens e tramas femininas, ministrada pela Stefanie Klein. Os participantes serão orientados a construir storylines através de conceitos pré-apresentados, e que servem de base para desenvolver um roteiro de curta-metragem. Idade mínima: 15 anos. Não é necessário se inscrever.