Mestre Didi

Mestre Didi
31 de janeiro de 2019 Stefânia Sangi

Deoscóredes Maximiliano dos Santos. Salvador, 1917 – 2013

Descendente da tradicional família de origem africana Asipà, de Ketu (império Yoruba), Mestre Didi aprendeu sua arte através da prática dos cultos de candomblé na Bahia, para os quais desde cedo ajudou a confeccionar adereços e objetos. Além de escultor, tornou-se Sacerdote, tendo recebido a mais alta condecoração sacerdotal Alapini no culto aos Ancestrais Egun, em Salvador. Aprofunda-se nas questões afro-brasileiras, inclusive através de viagem a África pela Unesco, na década de 1960. Foi autor de diversos livros sobre a cultura Yoruba, alguns em parceria com sua esposa Juana Elbein dos Santos.

Seu trabalho utiliza-se de adereços naturais, como búzios, sementes, couro, fibras, etc, que reverenciam a cultura africana, conferindo-lhe um ritmo sagrado e mítico, reforçado pelas cores energéticas e detalhes minuciosos. Suas esculturas de menor escala geralmente são estudos para obras maiores. Essencialmente, suas esculturas são interpretações pessoais dos símbolos dos orixás.

O artista foi um dos grandes responsáveis por institucionalizar as lutas pela afirmação e preservação da cultura afrodescendente no Brasil. Além de nos presentear com esse resgate da memória genética brasileira, seu trabalho nos faz um convite para sentir a beleza ancestral e a força da cultura nagô, bem como ponderar sobre a importância dessa cultura para a história de todos nós brasileiros.

 

MESTRE Didi. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21953/mestre-didi>. Acesso em: 03 de Jan. 2019.

Biografia Mestre Didi. Encontrado em: http://www.museuafrobrasil.org.br/pesquisa/indice-biografico/lista-de-biografias/biografia/2016/04/07/mestre-didi-deoscoredes-m-santos. Acesso em 03 de Jan 2019.

Mestre Didi – Dados biográficos. Encontrado em: http://www.letras.ufmg.br/literafro/autores/329-mestre-didi. Acesso em 03 de Jan 2019.