Bienal Naïfs do Brasil 2018: Daquilo que escapa

Bienal Naïfs do Brasil 2018: Daquilo que escapa
17 de agosto de 2018 Mariana

Em sua 14ª edição, a Bienal se reafirma como maior evento de arte naïf do país, destacando peças que simbolizam não apenas a infinidade de relações do homem com a fauna, a flora, com o sagrado e o religioso, mas também o caráter transgressor e insubordinado do artista naïf, sua visão crítica, engajamento e resistência.

Com curadoria de Armando Queiroz, Juliana Okuda Campaneli e Ricardo Resende a exposição apresenta bordados, desenhos, esculturas, gravuras, pinturas, vídeos, entre outras técnicas, produzidas por 120 artistas entre selecionados e convidados, de 21 estados do país, mais Distrito Federal. Dentre os 107 selecionados, 4 artistas recebem o prêmio “Destaque-Aquisição” e seus trabalhos passam a integrar o Acervo Sesc de Arte Brasileira, 5 são premiados na categoria “Incentivo”, além de 4 “Menções Especiais”, sendo o júri de Premiação composto por Armando Queiroz, Fabiana Delboni e Moacir dos Anjos.

Serviço:
SESC Piracicaba
Rua Ipiranga, 155 – Centro, Piracicaba (SP)
Abertura: 17 de agosto, às 20h
18 de agosto a 25 de novembro de 2018