Abraham Palatnik

Abraham Palatnik
20 de junho de 2018 Beatriz

A delicadeza reside aqui na literalidade do movimento, forma e cor. A música, no entanto, algo que parece inerente a essa obra, mora apenas na nossa imaginação. Abraham Palatinik (Natal, 1928) ficou mais conhecido como um dos pioneiros da arte cinética. Seus objetos trazem fios de arame, peças coloridas e, por meio de um rigor matemático, ganham movimento regulares, geralmente acionados por motor ou eletroímãs. De toda maneira, o espectador não quer saber sobre a tecnologia utilizada na construção da obra. Seus sentidos sobrepujam o intelecto e já estão presos à dança suave e poética dessa peça subjetivamente musical.