Edgard de Souza

Edgard de Souza
19 de junho de 2018 Rafael Kamada

O artista Edgard de Souza (São Paulo, 1962) explora a potência estética e conceitual de objetos do cotidiano, ora descontextualizando-os, ora desconfigurando-os. Desconstrói aqueles significados pré-fabricados e propõe um novo olhar e pensar a partir da obra de arte.

Pense numa peça mobiliária funcional, mas banal. Agora veja essa mesma peça numa disposição esquisita, cômica e irônica. Com curvas sensualizadas, um tanto surrealistas. É como se essa mesma peça inanimada ganhasse vida e resolvesse assumir sua própria expressividade.