Permanência do mercado de arte no Brasil

Permanência do mercado de arte no Brasil
15 de maio de 2018 Rafael Kamada

A lógica do mercado de arte é perversa para a maioria esmagadora dos artistas plásticos

Isso ocorre porque há um número restrito de colecionadores

Que estão viciados a olharem sempre para as mesmas coisas

Possivelmente uma ou, no máximo, duas centenas de famílias são responsáveis pela permanência do mercado de arte brasileiro

Arte não é uma necessidade

Subsídios públicos e organizações independentes são vetores fundamentais para o crescimento das artes plásticas no Brasil

Sem isso sobra poucas alternativas – como a academia, para o incentivo e subsistência de muitos artistas e profissionais do meio das artes

É absolutamente importante difundir, informar e estimular a criação de talentos e a formação de novos colecionadores

Nosso meio depende disso!

Marcos Amaro